Práticas Humanizadasberco icone

Visita da mamãe chocalho icone

 Exames e testes      obrigatórios

fralda icone

      Palestras e cursos

alfinete icone

  babador icone

                 Acompanhantes

 

        abc icone

    Visita do irmãozinho

 cavalinho icone

Indicadores

livro icone

Certidão de Nascimento

 icone pato Quem somos  icone pato Onde estamos    icone pato Horário de visitas   icone pato Conheça a Feaes

 

 

 

 

Informações

Postado em Maternidade do Bairro Novo

Localização : Rua Jussara, 2234, Sítio Cercado - Curitiba/PR

Telefone : (41) 3289-2424

Horários de visitas: 
- das 15h30 às 17h30: para familiares e visitantes em geral
- das 17h30 às 18h: para o irmãozinho do recém-nascido

Diretoria Maternidade Bairro Novo

Postado em Maternidade do Bairro Novo


 

Edinalva Ferreira de Carvalho. Especialista em gestão de negócios da saúde, extenso conhecimento em atividades administrativas em hospitais privados e estabelecimentos de saúde, vivência na implantação e estruturação de serviço de atendimento medico. Em 2012 foi convidada a assumir a Coordenação de Infraestrutura da Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (FEAES), atuando na administração do Hospital do Idoso Zilda Arns, assumindo em seguida a Gerência de Hospitalidade. Com a expertise e intensa participação em processos gerenciais administrativos que, ajudaram a agregar o atendimento hospitalar, em março de 2016 a convite da Direção Geral da FEAES, assumiu a Direção Executiva da Maternidade do Bairro Novo.


 
 

História

Postado em Maternidade do Bairro Novo

Na década de 1990, a região sul de Curitiba experimentou um crescimento populacional estimulado por investimentos em obras de infraestrutura e equipamentos públicos. Atenta às demandas da população na área de saúde, em 1997, a Prefeitura Municipal de Curitiba inaugurou o Centro Médico Comunitário Bairro Novo.

Considerado o primeiro hospital próprio do município, ele foi concebido para atender pacientes em cirurgias eletivas de baixa complexidade. O centro médico incluía também a maternidade, que em 1998 conquistou o título de Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC). A maternidade também se tornou referência do Programa Mãe Curitibana para as gestantes da área de abrangência do Distrito Sanitário do Bairro Novo.

Desde sua criação, o serviço funcionou por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal da Saúde e o Hospital Universitário Evangélico. Em março de 2013, passou a atender exclusivamente como maternidade e a ser gerenciada pela Feaes.

Maternidade do Bairro Novo

Postado em Maternidade do Bairro Novo

A Maternidade do Bairro Novo é uma unidade do município de Curitiba sob gerenciamento da Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (Feaes) desde março de 2013. É voltada a gestantes de baixo risco, ou seja, sem complicações durante a gravidez, e presta serviços exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Localizada no bairro Sítio Cercado, atende preferencialmente moradoras da região sul da cidade e realiza em média 200 partos por mês. Segue as diretrizes do Ministério da Saúde priorizando o parto normal, que é mais seguro e proporciona uma recuperação mais rápida para a mulher.

Possui 43 leitos de alojamento conjunto, um dos itens previstos nos Dez Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno e na Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC). Idealizada pela OMS e pelo Unicef, a iniciativa tem o objetivo de mobilizar equipes de saúde para incentivar condutas e rotinas que evitem o desmame precoce. Entre elas, ajudar a mãe a iniciar a amamentação na primeira meia hora após o parto e manter a equipe treinada. A maternidade está veiculada à IHAC desde 1998.

Seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde da triagem neonatal, a maternidade realiza o Teste do Pezinho podendo identificar precocemente doenças como hipotireoidismo congênito, fenilcetonúria e fibrose cística. Elas não apresentam sinais ou sintomas logo após o nascimento mas, se diagnosticadas rapidamente, podem ser tratadas para evitar o surgimento de sequelas graves e até o óbito.

Também nas primeiras horas de vida do recém-nascido são feitos o Teste da Orelhinha (Triagem Auditiva Neonatal) para detectar problemas de audição e o Teste do Coraçãozinho, que identifica problemas nas funções ou estrutura do coração.

O serviço atua com a humanização no parto, acolhendo a gestante, sendo ágil e resolutiva no cuidado, entre outros objetivos previstos no programa nacional. Neste sentido, a maternidade estabeleceu como rotina a visita específica dos irmãozinhos do recém-nascido para apoiar os vínculos afetivos familiares e contribuir para a recuperação da mãe e do bebê.

Além dos partos, a maternidade realiza exames de ecografia agendados pelas Unidades Básicas de Saúde.