Error: Only up to 6 modules are supported in this layout. If you need more add your own layout.

Médicos do SUS de Curitiba são capacitados em cirurgia de próstata com laser

Escrito por Dary Pereira de Souza Junior. Postado em Assessoria de Imprensa

O Hospital Municipal do Idoso recebe 200 urologistas brasileiros e de outros países em dois eventos sobre enucleação a laser da próstata. A técnica de cirurgia é indicada no tratamento da Hiperplasia Benigna Prostática (HPB). A abertura foi nesta sexta-feira (21/10).
 
A 3ª edição do Brazilian Enucleation Meeting (BEM) e a 1ª edição do Brazilian Prostatic Encounter (BPE) vão até domingo (23/10). A secretária municipal da Saúde, Beatriz Battistella, participou da abertura dos eventos, no auditório do hospital, e observou o alinhamento de propósitos.
 
“Assim como vemos neste congresso, a Saúde ‘4.1’ utiliza o melhor da tecnologia em benefício do cidadão”, destacou a secretária.
 
A cirurgia a laser na próstata é minimamente invasiva, com maior segurança e menor sangramento. Também diminui os riscos pós-operatórios, com redução do tempo de cateterismo vesical (sonda) e de internamento.
 
Administrado pela Fundação Estatal de Atenção à Saúde (Feas), o hospital já utiliza a técnica em seus pacientes. “Nós sempre queremos buscar novas tecnologias que sejam acessíveis e melhorem a qualidade de vida depois da cirurgia prostática”, disse o diretor-geral da fundação, Sezifredo Paz.
 
Dos 25 médicos de Curitiba que participam do congresso, cinco são urologistas do Hospital Municipal do Idoso. É o caso de Fernando Fogliatto. “A gente acaba conseguindo usar (a técnica) no nosso dia a dia, depois do curso”, afirmou o médico.
 
Mutirão
Durante a semana, como parte dos eventos, vem sendo realizado um mutirão com cirurgias em pacientes com problemas na próstata. Um deles foi o representante de vendas Antonio Roberto Silva, que vinha de uma cirurgia bariátrica (procedimento de redução do estômago para perda de peso).
 
Como consequência daquela operação, os cálculos migraram dos rins para a bexiga. Isso o impedia de urinar e afetava a próstata, que chegou a ter seis vezes a dimensão de um órgão saudável, condição que o obrigava a usar sonda.
 
Silva foi operado da próstata na última quarta-feira (19), no Hospital do Idoso, e recebeu alta no dia seguinte. "Pense em um homem feliz. Tive uma recuperação excelente. Estou fazendo bastante xixi e sem dor, nem parece que fiz cirurgia", contou.
 
"Fui atendido no horário, a cirurgia foi um espetáculo. O atendimento no Hospital do Idoso é fora do comum, a atenção que dão pra gente é sensacional”, prosseguiu o paciente.  Ele brinca que o pós-operatório foi até “estranho".
 
"Quando acordei, parecia que não tinha acontecido nada. A gente não tem corte, curativo, nem a sensação de que foi operado", explicou.