Error: Only up to 6 modules are supported in this layout. If you need more add your own layout.

Feas encerra curso de formação de gestores para o SUS de Curitiba

Escrito por Dary Pereira de Souza Junior. Postado em Assessoria de Imprensa

A Fundação Estatal de Atenção à Saúde (Feas), da Prefeitura de Curitiba, encerrou nesta quarta-feira (31/8) a primeira edição de seu Programa de Educação Executiva para Formação de Gestores.
 
O curso teve a participação de mais de 40 gestores da fundação. Foram 100 horas de aulas, em duas etapas, ao longo de quatro meses.
 
Na primeira etapa, os gestores trabalharam temas como liderança e cultura organizacional, desenvolvimento de equipes de alta performance, negociação, relações interpessoais e gestão de conflitos.
 
Na segunda etapa, estudaram ferramentas de gestão (planejamento estratégico, gestão de projetos e análise de viabilidade, planejamento orçamentário, integração de ferramentas e entrega de resultados).
 
A secretária municipal da Saúde, Beatriz Battistella, foi ao encerramento do curso e citou o professor Belmiro Valverde (1942-2014), referência na administração pública, ao elogiar o nível dos projetos dos gestores.
 
“O professor escreveu um livro, O Brasil Não É Para Amadores. De fato, o Brasil não suporta mais amadorismo na hora de usar os recursos. Não basta sonhar, é preciso perseguir o sonho", disse a secretária.
 
Segundo o diretor-geral da Feas, Sezifredo Paz, o objetivo do treinamento é aperfeiçoar os gestores das unidades da fundação não só na liderança, na elaboração e no controle de custos.
 
“Capacitações como esta ajudam a qualificar todos os serviços que prestamos para o SUS de Curitiba”, afirmou Paz.
 
O curso foi montado a partir da realidade da fundação e de suas unidades, como o Hospital Municipal do Idoso, o que influenciou diretamente na criação de projetos.
 
Para o gerente da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Fazendinha, Bruno Henrique de Melo, foi uma oportunidade para refletir sobre os desafios assistenciais e estruturar ideias.
 
Houve, ainda, os benefícios indiretos da convivência entre os gestores desde abril. “Percebemos a melhoria da qualidade das relações humanas”, revelou a gerente do Centro de Educação e Pesquisa, Isabel Zanata.
 
Feas
A Feas é vinculada à Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e administra o Hospital Municipal do Idoso, o Hospital do Bairro Novo, o programa Saúde em Casa, do Serviço de Atenção Domiciliar (SAD), 13 Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e a Unidade de Estabilização Psiquiátrica Casa Irmã Dulce.
 
Também faz a gestão das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Tatuquara, Boqueirão e Fazendinha, da Central de Teleatendimento, além de colaborar com o Complexo Regulador, onde estão o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Central de Transporte Sanitário.
 
Presenças
Também acompanharam o encerramento do curso a superintendente de gestão e saúde da SMS, Flávia Quadros, e o superintendente executivo da secretaria, Juliano Gevaerd.