Share |

Elogiada, UPA Tatuquara cresce e atende 13% a mais que em 2018

Postado em Assessoria de Imprensa

Foto: Luiz Costa / Secretaria Municipal de Comunicação Social

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Tatuquara atingiu a marca de 272 mil atendimentos em dois anos de atividade, celebrados nesta segunda-feira (27/5). De janeiro a abril de 2019, a média é de 12.661 atendimentos, 13% a mais do que no mesmo período do ano passado.

O prefeito Rafael Greca e a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, cortaram o bolo na comemoração do aniversário da UPA. “É uma grande alegria voltar aqui e saber que o prédio está satisfazendo às necessidades da população. A UPA simboliza o ideal de uma Prefeitura que não dorme”, disse o prefeito.

A UPA Tatuquara estava pronta desde o final de 2016, na gestão anterior, mas faltava previsão orçamentária para a contratação de funcionários e a compra de equipamentos, o que foi solucionado em maio de 2017, possibilitando sua abertura. “Foi uma decisão acertada do prefeito de abrir a UPA, mesmo em meio às dificuldades do começo da gestão”, afirmou a secretária.

A inauguração da unidade permitiu aos moradores do Distrito Sanitário Tatuquara o acesso mais rápido ao atendimento em situações de urgência e emergência. Até então, eles precisavam recorrer às unidades do Pinheirinho ou do Sítio Cercado.

Segundo dados de 2016 do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), a população do Tatuquara é estimada em mais de 112 mil pessoas. “Mais de 90% dos atendimentos são de moradores da região”, revela a gerente da UPA, Taiana Stengler dos Santos.

Em volume de atendimento, a UPA Tatuquara é a que mais cresce. Hoje, só fica atrás das UPAs Boa Vista, Cajuru e Boqueirão em número de atendimentos. É, também, muito elogiada. Até a semana passada, mais de 200 elogios tinham sido registrados pelo telefone 156.

Antes de ser transferido para o Centro de Atenção Psicossocial (CAPs) do bairro, o paciente Sebastião Dias Galvão, 45 anos, elogiou a equipe da UPA Tatuquara: “São muito atenciosos”. O técnico em enfermagem José Carlos Gonçalves agradeceu. “É bom ouvir isso. Tratamos todos bem. É preciso sempre ter paciência”, disse.

Estrutura

Inaugurada em 21 de maio de 2017, a UPA Tatuquara conta com 167 funcionários contratados pela Fundação Estatal de Atenção Especializada em saúde (Feaes), órgão da administração indireta da Prefeitura de Curitiba e vinculado à Secretaria Municipal da Saúde. São 52 médicos, 19 enfermeiros e 69 técnicos de enfermagem, além da equipe multiprofissional e administrativa.

O prédio que abriga a UPA Tatuquara tem 2,5 mil m² de área para o público e 1 mil m² para o setor administrativo. O local também abriga uma base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e conta com apoio de helicóptero, agilizando o socorro e transporte de pacientes, quando necessário.

A UPA Tatuquara tem duas salas de emergência e uma para sutura, 12 leitos para observação de adultos e cinco para observação pediátrica, dois quartos de isolamento (adulto e pediátrico), posto de enfermagem, sete consultórios, salas para eletrocardiografia, espaço acadêmico, duas farmácias, central de esterilização de materiais.

Presenças

Participaram da cerimônia o vice-prefeito Eduardo Pimentel; os vereadores Rogério Campos, Mauro Bobato, Oscalino do Povo e Beto Moraes; os diretores da Feaes Sezifredo Paz (geral), Deise Caputo (administrativo-financeira) e Tatiana Filipak (atenção à saúde); os diretores do Departamento de Urgência e Emergência Pedro Henrique de Almeida (geral) e Anna Paula Lacerda Penteado (administrativa); a supervisora do Distrito Sanitário Tatuquara, Luciana Kusman; a gerente da UPA Tatuquara, Taiana Stengler dos Santos; o coordenador médico da UPA Tatuquara, Alberto Filipak; os administradores regionais Jadir Silva de Lima (Tatuquara) e Fernando Werneck Bonfim (Bairro Novo); o presidente do Conselho Distrital de Saúde do Tatuquara, Ivo Pedroso; e padre Mário, da Paróquia de Santa Ana.