Share |

Maior e com mais atividades, Semana do Trabalhador bate recorde de participações

Escrito por Fernanda Luvizotto. Postado em Assessoria de Imprensa

Fotos: Anya Colman

A segunda edição da Semana do Trabalhador, entre 6 e 10 de maio, realizou mais de 1400 atendimentos. Com dois dias a mais de evento em relação ao ano anterior, os funcionários puderam participar de atividades voltadas à saúde e bem-estar nos períodos da manhã, tarde e noite.

“A programação foi feita pensando nos funcionários, de modo a permitir a participação de um maior número de colaboradores, no máximo de atividades possíveis”, explica Eva Mereci Kendrick , gerente de Hospitalidade do Hospital Municipal do Idoso.

Baseada na experiência da primeira edição, a Comissão Organizadora buscou diversificar as atividades nos turnos da manhã, tarde e noite. O assistente administrativo Sidney Lachowski Correa aprovou as mudanças. “Este ano tinha mais opções e era mais fácil conseguir vaga para participar das atividades também”, destaca.

Participando pela primeira vez do evento, a técnica contábil Neyva Santos aproveitou para fazer a auriculoterapia: “Fazia algum tempo que queria fazer, mas na correria do dia-a-dia ainda não tinha feito. Gostaria de fazer toda semana”.

Além da auriculoterapia, foram realizados testes de glicemia e aferição da pressão arterial, sessões de reiki, yoga, quick massage, cromoterapia, massagem facial, maquiagem, sessões de autocuidado com spa das mãos e cuidados com o cabelo, caricaturista, entre outros.

Na parte educativa da programação foram realizadas palestras sobre depressão, com exposição de fotos no hall de entrada do hospital, e a palestra sobre ambiente corporativo.

A Semana do Trabalhador contou com a parceria do Sesc PR, Universidade Tuiti, Faculdades Ibrate, Óticas São José, Grupo Amma Curitiba e do Voluntariado do Hospital do Idoso.

Feira de Talentos

Sucesso na primeira edição da Semana do Trabalhador, este ano o espaço para funcionários exporem seus produtos artesanais e de culinária foi ampliado. “Foi muito legal ver o trabalho dos colegas, tinham bonecas lindas, comidas maravilhosas, gostei muito”, comentou Juliana Gouveia, assistente administrativo da Saúde Mental.

Silvia Ribeiro, que trabalha no setor de Compras da Feaes, participou pela primeira vez da feira e vendeu todo o estoque produzido em apenas uma hora. Ela produz receitas saudáveis, com foco na alimentação vegetariana e sem glúten. “Foi uma experiência muito bacana. Tanto os visitantes quanto os funcionários estavam bastantes abertos e interessados nesta culinária”, destacou Silvia, que pretende participar das próximas edições da feira.