Share |

Pacientes dos Caps participam do carnaval saudável

Escrito por Fernanda Luvizotto. Postado em Assessoria de Imprensa

Fotos : Anya Colman
Usuários das 12 unidades dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) de Curitiba tiveram uma tarde diferente, nesta sexta-feira (1º/3), na Rua da Cidadania de Santa Felicidade durante o InterCaps temático de carnaval.
 
O evento reuniu cerca de 200 pessoas – entre usuários das 12 unidades da cidade, familiares e profissionais de saúde – para a interação social ao som de marchinhas carnavalescas, desfiles de fantasias, da Rádio Sangue Bom, exposição de produtos confeccionados nas oficinas e a presença da Escola de Samba Embaixadores da Alegria.
 
“A escolha da temática de carnaval teve como objetivo demonstrar aos usuários que é possível se divertir de forma saudável com seus amigos e familiares, sem uso de álcool e outras drogas, além de aproximá-los da comunidade e permitir a ocupação dos espaços públicos”, disse a gestora de modelo do Caps CIC Luciana Sydor.
 
Sandro Nascimento de Souza, 36 anos, foi um dos locutores do evento. Ele faz tratamento no Caps Bairro Novo há cerca de um ano, onde também participa do projeto Rádio Sangue Bom. “Estava ansioso para participar, nunca tinha falado para tantas pessoas”, contou.
 
Assim que Souza assumiu o microfone, convidou a todos para cantarem o samba enredo do Bloco InterCaps, composto pelo psicólogo Ebenezer Muller, da unidade de Santa Felicidade.
 
Laertes Maia, 45 anos, faz tratamento no Caps TM Portão e também se animou no evento. Foi fantasiado de vampiro, no traje que ele mesmo preparou. Ele conta que nunca gostou muito de carnaval, mas estava empolgado com as músicas. “Muito legal ver todos reunidos e as músicas tocando”, disse.
 
A aposentada Odete Gomes, 60 anos, levou o filho Eduardo, paciente do Caps Santa Felicidade. “Eventos como esse são muito bons, porque meu filho adora música, ele fica muito animado”, afirmou.