Share |

Semana da Saúde pretende estimular o aleitamento materno

Postado em Assessoria de Imprensa

Foto: Valdecir Galor/SMCS
A Maternidade Bairro Novo e as Unidades de Saúde promovem, desta quarta-feira (1º/8) até o dia 10 de agosto, a Semana Mundial do Aleitamento Materno em Curitiba. A ação faz parte de uma campanha mundial para reforçar a importância da amamentação, garantindo a saúde dos bebês.
 
Nesta quarta-feira (1º/8), às 15h, a Maternidade Bairro Novo e o Distrito Sanitário Bairro Novo abrem a programação da Semana em um “mamaço” com mães de recém-nascidos, funcionárias da maternidade e de mães da região.
 
Este ano, a campanha mundial tem o tema “Amamentação é a Base da Vida” e pretende envolver toda a sociedade, não só nesta primeira semana, mas em todo o mês, batizado de Agosto Dourado. O tema motiva ações para promover a amamentação, estratégias de nutrição, segurança alimentar e redução das desigualdades.
 
“Ao estimular o aleitamento, estimulamos também uma sociedade mais saudável e com vínculos afetivos mais fortes”, destaca a secretária municipal da Saúde, Marcia Huçulak.
 
“Os postos de Saúde vão mobilizar suas equipes multiprofissionais em atividades de conscientização do leite materno como alimento exclusivo do bebe até os seis meses de idade, sem necessidade de sucos, chás, água e outros alimentos”, explica a nutricionista do Núcleo de Apoio à Saúde da Família da Secretaria Municipal da Saúde, Ana Paula Balemberg Bonin.
 
Em várias unidades, haverá palestras nas salas de espera durante toda a semana. Algumas terão programação extra (confira programação abaixo), definida por cada posto de saúde.
 
A Semana também discute soluções para contornar as dificuldades que impedem a amamentação pelo tempo recomendado. Entre elas, a falta de apoio familiar ou de empregadores, o posicionamento incorreto do bebê, a insegurança quanto à quantidade de leite produzido, a introdução de mamadeira, fórmulas e chupetas.
 
Benefícios
 
Apesar de ser o alimento mais completo para o bebê, apenas 39% das crianças de até seis meses no mundo recebem exclusivamente o leite materno. A recomendação é que as mães sigam dando o peito aos pequenos até os 2 anos de idade, introduzindo outros alimentos e bebidas a partir do sexto mês. 
 
O aleitamento funciona como uma primeira vacina para o bebê, já que o leite da mãe tem anticorpos contra vírus e bactérias enquanto o sistema imunológico da criança se desenvolve.
 
A amamentação reduz em 13% a mortalidade por causas evitáveis em crianças menores de 5 anos, e diminui casos de diarreia, infecções respiratórias, hipertensão, colesterol alto, diabetes e obesidade. Ao sugar o peito, o bebê tem o desenvolvimento mais harmonioso da musculatura e dos ossos da face, dentição saudável, bom desenvolvimento da fala e boa respiração.
 
Para a mãe, a amamentação diminui o risco de câncer de mama e de colo de útero e ajuda na redução de peso após o parto. Estudos apontam até redução nos índices incidência de Alzheimer.
 
Semana Mundial
 
A Semana Mundial do Aleitamento Materno é realizada desde 1992 em todo mundo, organizada por ONGs, com chancela da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). 
 
No Brasil, em abril de 2017 foi sancionada a Lei 13,435, que instituiu agosto como o “Mês do Aleitamento Materno”, em que as ações de conscientização e esclarecimento sobre a importância do aleitamento devem ser intensificadas.
 
Programação da Semana Mundial de Aleitamento Materno em Curitiba (sujeita a alterações):
 
1º/8 (quarta-feira)
 
Maternidade Bairro Novo (Distrito Bairro Novo) - Lançamento da Semana Mundial do Aleitamento Materno em Curitiba (15h)
US Mãe Curitibana (Distrito Matriz) - Roda de conversa sobre amamentação – “Mitos e Desafios”, seguido de mamaço (15h)
US João Cândido (Distrito Bairro Novo) - Oficina de Gestantes
US Bairro Novo (Distrito Bairro Novo) – Oficina de Gestantes
 
 
2/8 (quinta-feira)
US Atuba (Distrito Boa Vista) - Orientações sobre a amamentação para gestantes e puérperas. Mamaço
Distrito Sanitário Tatuquara – Evento com nutricionistas
US Parigot de Souza (Distrito Bairro Novo) – Oficina de Gestantes
US Xapinhal (Distrito Bairro Novo) – Oficina de Gestantes
 
 
3/8 (sexta-feira) 
Escola Municipal Prefeito Omar Sabbag (Distrito Cajuru) – Gincana “Amamentação Livre de Tabus” com alunos do 9º ano (8h)
Centro Municipal de Educação Infantil Osny Dacol (Distrito Cajuru) – Roda de Conversa (10h30)
Distrito Sanitário CIC – MamaCIC, com orientações sobre amamentação, atividade física e mamaço (10h)
US Osternack (Distrito Bairro Novo) – Oficina de Gestantes
 
4/8 (sábado)
 
US Umbará 1 (Distrito Bairro Novo) - Oficina de Gestantes
 
6/8 (segunda-feira)
US Capanema (Distrito Matriz) - Inauguração do "cantinho da amamentação" e "Mamaço" no jardim da unidade de saúde (11h).
 
US João Cândico – (Distrito Bairro Novo) - Orientações sobre Amamentação na área de abrangência do Posto
US Xapinhal (Distrito Bairro Novo) – Orientações sobre Amamentação no CMEI
 
7/8 (terça-feira)
US Tapajós (Distrito Boqueirão) - Oficina com o tema Aleitamento Materno: "Amamentação é a base da vida" (10h30)
US Santa Quitéria 1 (Distrito Portão) - Roda de Conversa sobre Aleitamento Materno às gestantes e nutrizes (15h)
US São Braz (Distrito Santa Felicidade) - Roda de Conversa: "Amamentação é a base da vida", práticas para relaxamento e a importância do vínculo mãe/bebê; depoimentos de mães sobre seus momentos de amamentação (14h)
 
8/8 (quarta-feira)
US Coqueiros (Distrito Bairro Novo) – Mamaço
US Santa Amélia (Distrito Portão) - Oficina de Aleitamento Materno para gestantes e nutrizes (14h)
US Parigot de Souza (Distrito Bairro Novo) – Oficina de Gestantes