Share |

Mães e gestantes trocam experiências em encontro na Maternidade Bairro Novo

Postado em Assessoria de Imprensa

Fotos: Anya Colman

Há nove meses a dona de casa Jaqueline Andrade teve a experiência “mais especial de sua vida”: o nascimento da filha Isis. Hoje ela voltou à Maternidade Bairro Novo para participar do 3º Encontro de Mães, um evento que reúne gestantes e mulheres que tiveram filhos na instituição para participar de rodas de conversa, auriculoterapia, escalda pés e ecografia natural.
Com a filha no colo, Jaqueline se dirigiu à enfermeira Larissa Peripoli, na época residente em enfermagem obstétrica, e emocionada comentou para a filha que “essa foi a primeira pessoa que te pegou no colo”.
“Foi um momento muito especial, o atendimento fez toda a diferença, me senti cuidada, sempre que posso comento”, completou Jaqueline. A designer de eventos, Claudia Ribeiro, também não escondia a emoção. “Quase chorei vendo o vídeo institucional, trouxe lembranças do parto e de todo o apoio que recebi”, descreveu.
Claudia sempre quis ter sua filha por parto normal. “Passaria por tudo de novo, pois aqui na maternidade tive todo o suporte necessário”, lembrou a designer. “Enquanto eu estava no chuveiro para aliviar a dor, a equipe já ia me orientando sobre outras práticas que eu poderia fazer”.
Compartilhar as experiências é o principal objetivo do evento que está em sua terceira edição. “Quando as mães contam para as gestantes como foi seu parto, elas se sentem mais confiante e isso traz uma tranquilidade maior para enfrentarem este momento”, explica a pediatra Wilma Lilia de Castro Souza Silvia, gerente médica.
Os benefícios também se estendem aos profissionais. “É muito gratificante quando elas retornam, agradecidas, e nos mostram os filhos crescidos e sabemos que é por intermédio do nosso trabalho”, ressalta Wilma.

Ações
Em março de 2013, a Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (Feaes) assumiu a gestão da maternidade com objetivo de humanizar o atendimento. Entre as práticas de humanização adotadas, estão a garantia da presença do acompanhante, plano de parto, massagens, banhos terapêuticos, exercícios respiratórios e na bola, escalda pés, ecografia ecológica e caminhadas
A implantação de medidas pós-parto como o contato pele a pele (em que o bebê é envolvido ao corpo da mãe assim que nascimento), o primeiro banho no balde (que reproduz espacialmente o ambiente uterino), e redução da episiotomia (corte na vagina no momento do parto) de 90% para 15% dos casos, tornaram o hospital referência no atendimento humanizado e contribuíram para o baixo número de cesarianas (27% dos partos).
 

Inscrições abertas para cargos de nível médio e superior

Postado em Assessoria de Imprensa

 Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (Feaes) abriu processo seletivo para empregados públicos, submetidos ao regime da CLT. São 56 vagas para convocação imediata e também formação cadastro de reserva. As inscrições vão até 2 de novembro.

Há uma vaga para Ensino Médio, no cargo de eletricista, com salário de R$ 2.172,01, e vagas para Ensino Superior para biomédico, enfermeiro, enfermeiro obstétrico e fonoaudiólogo, com salários que variam de R$ 2.997,29 até R$ 4.743,22. Para os cargos de médicos especialistas, o regime de contratação é do tipo horista (R$ 78,29/hora).

Os aprovados e convocados poderão ser contratados durante os dois anos da validade do concurso, período que pode ser prorrogado a critério da Feaes.

Inscrições

As inscrições poderão ser feitas pelo site da Fundação Fafipa (www.fundacaofafipa.org.br). A taxa de inscrição é de R$ 50 para o cargo de nível médio e R$ 80 para os cargos de nível superior. A prova objetiva será aplicada em Curitiba, em 19 de novembro.

As exigências para cada cargo estão discriminados no Edital de Abertura.