Share |

Feas inaugura unidade de treinamento para os profissionais da saúde

Postado em Assessoria de Imprensa

Fotos: Guilherme Wille
 
A Fundação Estatal de Atenção à Saúde (Feas), órgão da administração indireta da Prefeitura de Curitiba, inaugurou uma nova unidade nesta sexta-feira (8/11): o Centro de Capacitação e Desenvolvimento Humano (Cecadeh).
 
Instalado em espaço anexo ao Hospital Municipal do Idoso, no Pinheirinho, o local será usado para o treinamento dos profissionais com o objetivo de melhorar a qualidade da assistência. 
 
“O centro de capacitação era um anseio. Temos quase nove mil profissionais na nossa rede que precisam estar atualizados em relação a novas tecnologias e novos protocolos”, disse a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak. 
 
Segundo o diretor geral da Feas, Sezifredo Paz, o Cecadeh é estratégico para a prestação de melhores serviços de saúde à população. "Vamos treinar as nossas equipes para salvar vidas", definiu.
 
Entre as metas da nova unidade também está a redução de custos assistenciais por meio da capacitação dos profissionais.
 
Só a fundação conta com 2,2 mil colaboradores, divididos entre o hospital, a Maternidade Bairro Novo, Centros de Atenção Psicossocial (CAPs), Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e de saúde, além do Laboratório Municipal.
 
Estrutura
 
O Cecadeh já nasce com um banco de 50 facilitadores (especialistas, mestres e doutores), o que permite projetar a meta de 50 mil alunos em 2020.
 
Conta, ainda, com auditório com 150 lugares, uma sala de aula, uma sala de treinamento de habilidades e uma sala de simulação realística (com manequim simulador de paciente). 
 
Os programas de ensino são pensados por eixo: Urgência e Emergência, Saúde do Idoso, Saúde Materno-infantil, Saúde Mental, Assistência Domiciliar em Saúde, Qualidade e Segurança do Paciente, Análises Clínicas, Administrativo, Competências Gerenciais e Competências Comportamentais.
 
Presenças
 
Também estavam na solenidade as diretoras da Feas Tatiane Filipak (atenção à saúde) e Deise Caputo (administrativo-financeira); os diretores do Hospital Municipal do Idoso Altair Rossato (executivo) e Marina Bueno (técnica); o diretor do Departamento de Urgência e Emergência, Pedro de Almeida; o vereador Píer Petruziello, líder do prefeito Rafael Greca na Câmara Municipal de Curitiba; o administrador regional do Pinheirinho, Reinaldo Boaron; a diretora do Instituto Joanir Zonta, Patrícia Zonta; a representante do Rotary Fraterno, Patrícia Cury; e os representantes dos Conselhos Regionais de Farmácia, Elias Montin, e de Medicina, Gerson Zafalon.

 

Curitiba é sede de reunião dos ministros da Saúde dos BRICS

Postado em Assessoria de Imprensa

 

O prefeito Rafael Greca e a primeira-dama Margarita Sansone deram boas-vindas, nesta sexta-feira (25/10), aos ministros da Saúde dos BRICS (bloco composto pelos países emergentes Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), num almoço realizado no Restaurante da Ópera de Arame. Curitiba foi a sede brasileira da IX Reunião do grupo, realizada pela manhã, no Salão de Atos do Parque Barigui. 

“A vida é bonita quando é saudável. Vocês nos trazem a antiga arte da medicina, que remonta os livros dos Vedas (a medicina ayurvédica) e a imemorial medicina chinesa. Também estimamos a contribuição cultural da Rússia e a grande tradição de nossa mãe África”, disse Greca, saudando o visitantes.

“Curitiba os recebe no coração”, completou o prefeito. 

Participaram do almoço o ministro da Saúde do Brasil, Luiz Henrique Mandetta; o ministro da Saúde da Índia, Ashwini Kumar Chaube; o ministro da Saúde da África do Sul; o vice-ministro da Saúde da China, Wang Jianjun e o vice-ministro da Saúde da Rússia; Oleg Salagay.

Presenças

Estiveram presentes também a secretária municipal da Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak; o secretário de estado da Saúde, Carlos Alberto Preto; a diretora geral para Assuntos Multilarerais da Organização Mundial da Saúde (OMS),  Michele Boccoz; o embaixador da África do Sul no Brasil, Joseph Mashimbye; a diretora executiva da Parceria Stop TB, Lucica Ditiu; a diretora da Organização Panamericana da Saúde (Opas), Socorro Gross; a presidente da Fundação Oswaldo Cruz, Nizia Trindade Lima; os diretores do Hospital Pequeno Príncipe, Ety Forte Carneiro e Álvaro Carneiro; o diretor-geral do Hospital Evangélico Mackenzie, Rogério Kampa e o presidente da igreja Presbiteriana do Brasil, o reverendo, Roberto Brasileiro.

Visitas

À tarde, a comitiva de ministros visitou o Hospital Pequeno Príncipe. Acompanhado pela secretária Márcia Huçulak, o ministro brasileiro ainda esteve no Hospital Municipal do Idoso. Ele foi recebido pelo diretor geral da Fundação Estatal de Atenção à Saúde (Feas), Sezifredo Paz, e pelo diretor executivo do hospital, Altair Rossato. Mandetta visitou as enfermarias, a farmácia, o Centro de Terapia Intensiva (CTI) e o Serviço de Atenção Domiciliar (SAD). Segundo o ministro, o modelo do assistência do hospital é referência da saúde pública do Brasil e pode ser replicado em outras capitais.

 

"É Muito Bom Ser Médico Aqui" - Minidocumentário

Postado em Assessoria de Imprensa

É muito bom ser médico aqui". A declaração da médica Marlene Ishida, personagem do minidocumentário, pode ser devolvida com um "é muito bom ter médicos assim por aqui".
A pedido da diretoria, o Setor de Comunicação e Marketing da Fundação Estatal de Atenção à Saúde (Feas) preparou uma homenagem aos profissionais que comemoram este 18 de outubro. É um registro singelo e afetivo das relações, mesmo breves, construídas no dia a dia dos nossos equipamentos. Reconhecimento, gratidão e compromisso podem ser vistos neste material, gravado no final de uma manhã, durante visita à Unidade de Pronto Atendimento Tatuquara, em Curitiba (PR). É com ele que desejamos parabéns aos nossos médicos. Assista. Se gostar, compartilhe.