Share |

Aumenta número de elogios às UPAs

Postado em Assessoria de Imprensa

Fotos: Lucilia Guimarães SCMS  - Layout/Diagramação:Anya Colman
Em menos de 30 meses da atual gestão, a Prefeitura promoveu avanços na área da saúde, como é o caso das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). O resultado aparece no reconhecimento dos pacientes que precisam dos serviços urgência e emergência.

No primeiro trimestre de 2019, o número de elogios registrados pela Central do 156 e pela Ouvidoria da Secretaria Municipal da Saúde (0800 644 0041) sobre serviços prestados nas UPAs tiveram um aumento de 57% em relação ao mesmo período de 2017, início da atual gestão. Foram 171 mensagens elogiosas entre janeiro e esta quarta-feira (27/3), enquanto nos três primeiros meses de 2017, foram registrados 109 elogios pelo 156.

A professora aposentada Walquíria de Castilhos Rosa, 70 anos, elogiou as UPAs Fazendinha e Pinheirinho, onde mais de uma vez levou sua mãe, Dirce, já falecida. “Sempre procurei a UPA para situações mais graves e sempre foram muito atenciosos com ela, que já tinha mais de 80 anos. Sempre com muita prontidão, ofertando todos recursos necessários, exames e medicamentos, quando necessário”, relembra.

No último dia 12, houve, ainda, a entrega da UPA Pinheirinho, reformada e reaberta com um novo sistema de atendimento que diminui o tempo de espera por atendimento. Entre os avanços na Rede de Urgência e Emergência em Curitiba, houve ainda a renovação de 85% da frota do Samu e a atualização de protocolos de atendimento.

 

 

Hospital do Idoso faz sete anos com 98% de satisfação no atendimento

Postado em Assessoria de Imprensa

Fotos: Anya Colman
O Hospital do Idoso, no Pinheirinho, completou sete anos nesta segunda-feira (25) com avanços significativos: mais de seis mil internações em 2018 (20% a mais na comparação com o ano anterior), aumento de 22% no número de cirurgias e índice de satisfação no atendimento de 98%.
Inaugurado em 29 de março de 2012, é pioneiro no atendimento a pacientes com mais de 60 anos e referência do Sistema Único de Saúde (SUS) no país.

O vice-prefeito Eduardo Pimentel e a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, participaram da comemoração dos sete anos. “Fica o meu reconhecimento aos funcionários que fazem tanto pela nossa saúde, pois vocês deram a incrível marca de 98% de satisfação no atendimento, uma unanimidade”, destacou Pimentel. “Todos os idosos, quando chegam às nossas Unidades de Pronto Atendimento, querem ser internados no Hospital do Idoso graças à excelência do trabalho da equipe”, disse Márcia.

A secretária também falou do carinho que o prefeito Rafael Greca tem pela instituição e do forte investimento destinado à área da saúde. Em janeiro, foram investidos R$ 400 mil em um equipamento de vídeo-laparoscopia de última geração, aparelho que não está disponível nem na rede privada de Curitiba. O novo equipamento permite cirurgias menos invasivas ao organismo do paciente e a expectativa é duplicar o número de cirurgias em 2019.
 
A diretora técnica do hospital, Cecília Neves de Vasconcelos, agradeceu o empenho da equipe e o reflexo positivo nos números. “Em 2018 internamos 1.300 pessoas a mais que 2017”, contou.
 
O hospital, que é 100% financiado pela Prefeitura de Curitiba, tem como meta tornar-se referência nacional e internacional na atenção à saúde do idoso, valorizando a qualidade e a segurança do paciente de forma humanizada.
Nos últimos anos, o hospital tem investido na gestão eficiente para que possa sempre fazer mais e melhor, especialmente com o aumento da demanda, com o envelhecimento da população. O resultado tem sido a ampliação de serviços para os curitibanos.

Presenças
 
Participaram da cerimônia os vereadores Oscalino do Povo, Mauro Bobato, Geovani Fernandes e Marcos Vieira; a diretora-geral da Feaes, Adriana Moreira Kraft, e o diretor administrativo e financeiro, Sezifredo Paz; a diretora executiva do Hospital do Idoso, Keity Daniela Arias, e a diretora assistencial, Tania Maas; o administrador da Regional  Pinheirinho, Reginaldo Baron; o diretor de Urgência e Emergência de Curitiba, Pedro Henrique de Almeida; a diretora do distrito sanitário do Pinheirinho, Leda Albuquerque; a diretora do distrito sanitário do Tatuquara, Luciana Kusma; a presidente do Conselho Municipal do Idoso, Carla Braun; o representante dos usuários do SUS no Conselho Curador da Feaes, Paulo Jenzura; o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Adílson Tremura; e representantes de vários conselhos, como Maria Lúcia Gomes, José de Souza Filho e Luiz Carlos Pinheiro.
 
 
O Hospital do Idoso e seus pacientes em 2018

395.779 atendimentos - média de 32.981 atendimentos mensais
49.078 consultas ambulatoriais
51.825 exames
67.434 exames de raio-X
158.382 laudos do Serviço de Apoio ao Diagnóstico Terapêutico (SADT)
Média de 552 pacientes internados por mês
 
Faixa etária dos pacientes atendidos em 2018

1.149 pacientes de 81 a 90 anos
401 pacientes de 91 a 100 anos
24 pacientes de 101 a 110 anos
Uma paciente de 111 anos