Fala, Saúde!

Postado em Fundação

Podcast sobre a rotina dos equipamentos da Feas.

 

Edição 2: Aniversário de um ano do Hospital Vitória  (04/06/2021)

 

Edição 1: Aniversário de nove anos do Hospital Municipal do Idoso (29/03/2021)

Hospital Vitória

Postado em Fundação

No dia 05 de junho de 2020, a ala de internação do Hospital Vitória foi reaberto pela Prefeitura de Curitiba para atendimento exclusivo de pacientes do SUS com covid-19. 

A unidade tem 140 leitos – 120 de enfermaria e 20 de UTI e funciona com aproximadamente 400 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas, assistentes sociais, psicólogos, fonoaudiólogos, além de auxiliares administrativos. Os funcionários foram contratados pela Fundação Estatal de Atenção à Saúde (Feas).

A reabertura da ala de internação foi possível a partir de uma parceria firmada entre a Prefeitura de Curitiba e o proprietário das instalações, a UnitedHealth Group Brasil, que também é dono da operadora Amil e do grupo médico-hospitalar Americas Serviços Médicos. 

Pela parceria, a Prefeitura fica autorizada a utilizar as instalações de internação do hospital exclusivamente para atendimentos relacionados ao coronavírus, arcando com o custeio de uso do espaço e pelos profissionais que trabalharão no local.

Casa Irmã Dulce

Postado em Fundação

Inaugurada no dia 22 de julho de 2020, a Casa Irmã Dulce, no Tatuquara, é uma unidade de estabilização psiquiátrica, composta por uma equipe de 80 profissionais (médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, farmacêuticos e assistentes administrativos).

Conta com 26 leitos de enfermaria e é administrada pela Fundação Estatal de Atenção à Saúde (Feas), órgão da administração indireta da Prefeitura. 

Pandemia

Entre 22/7 a 8/9, a Casa Irmã Dulce ampliou seu alcance de atendimento devido à pandemia, atendendo casos clínicos não suspeitos de coronavírus. Com isso, o atendimento no Centro Médico Comunitário Bairro Novo passou a ser exclusivamente para casos de covid-19.

 

O nome da unidade é uma homenagem à Irmã Dulce, religiosa brasileira canonizada em 2019 pelo papa Francisco.